Em 2018, o índice pluviométrico teve redução discreta de 10,28%, conforme relatório da Fazenda Experimental Piroás


Fazenda Experimental Piroás/Unilab, localizada a 17 quilômetros do Campus da Liberdade, Redenção/CE, no distrito de Barra Nova.

A equipe da Fazenda Experimental Piroás (FEP), da Unilab, realizou levantamento de dados de precipitação pluviométrica e evaporação do biênio 2017-2018, relativos à região onde está inserida, em Redenção/CE. De acordo com o Relatório, as precipitações pluviométricas, na região onde está inserida a FEP, tiveram um total de 1.414,4 mm no ano de 2018.

Comparado ao ano de 2017, observa-se que ocorreu uma redução discreta de em torno de 10,28%. Ainda assim, a região apresenta uma excelente quantidade de chuvas, obtendo 2,3 vezes acima da média histórica anual do estado do Ceará, que é de 600 mm.

Conforme relatório 2018, as precipitações pluviométricas totalizaram 1.414,4 mm

Destacam-se os meses de fevereiro, março e abril por apresentarem os maiores valores de precipitação no ano de 2018.

Esses dados de precipitação são coletados diariamente às 9h, num pluviômetro pertencente ao Grupo de Pesquisa em Biofertirrigação (GPBio), que tem como responsável a Pró-Reitoria Albanise Barbosa Marinho. Os dados são imprescindíveis para que se tenha um bom manejo da irrigação em áreas de experimento ocorridos na FEP.

Em 2018, fevereiro, março e abril foram os meses com os melhores índices.

Sobre a FEP/Unilab

A Fazenda Experimental Piroás (FEP), pertencente à Unilab, foi adquirida em 08 de agosto de 2012. A mesma possui efetivamente 28,2 ha, localiza-se à 17 km do Campus da Liberdade, na localidade de Piroás, distrito de Barra Nova, possuindo as seguintes coordenadas geográficas: 4o 9’19.39’’S e 38o 47’41.48’’O.

Está sob a gerência do Engenheiro Agrônomo e servidor do Instituto de Desenvolvimento Rural (IDR), Lourenço Marreiros Castelo Branco, mestre na área de concentração Irrigação e Drenagem. No ano de 2017, a equipe da FEP era composta por 24 pessoas.

O principal objetivo da FEP é proporcionar a realização das aulas de Práticas Agrícolas (P.A), disciplina inserida no PPC na qual permite o contato/vivência dos discentes do curso de Agronomia com o meio rural para aprendizagem “in loco”. Outros objetivos, de igual relevância são: desenvolvimento de projetos e pesquisas científicas; capacitações/treinamentos e exercer a extensão rural localmente, aproximando a assistência técnica à comunidade e lhes permitindo a aplicação de técnicas rurais para um bom desenvolvimento econômico-social.

Destaque para as Práticas Agrícolas (PA) em campo realizadas pelos docentes e estudantes da Unilab.

Entre algumas das Práticas Agrícolas (P.A) na fazenda, os docentes da Unilab ministraram sobre: identificação das condições edafo-climáticas importantes para o estabelecimento das culturas; noções gerais do funcionamento de um sistema de irrigação; preparo de área e plantio de espécies utilizadas para adubação verde; manutenção do canavial; colheita de milho e feijão e aplicação prática do novo Código Florestal, baseando-se pelo Cadastro Ambiental Rural (CAR).

Comentários encerrados.