Obras de expansão são retomadas no Campus dos Malês

Servidores do Campus dos Malês acompanhados de Carlos Andrade e Beatriz Bispo, ambos da empresa RCI Construções e Meio Ambiente Ltda | Foto: Assecom

Serão 24 novas salas de aula e 20 laboratórios; duas salas de reunião, biblioteca e vários ambientes administrativos. Toda esta expansão será fruto das obras retomadas no Campus dos Malês, em São Francisco do Conde/BA, a partir da próxima quinta-feira (18).

Com os dois novos blocos, a expectativa é que a Unilab tenha a infraestrutura necessária para receber novos cursos e possa ampliar suas atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Dois novos blocos do Campus dos Malês, em construção | Foto: Assecom

“Esperamos que o Bloco 2, que é o de salas de aula, seja concluído em aproximadamente 150 dias, ou seja, um mês antes do Bloco 1 (laboratórios), viabilizando o seu uso ainda no segundo semestre deste ano”, explica o engenheiro da Unilab Marcus Vinnicius. À frente da fiscalização da obra, junto ao técnico em edificações André Conceição, a equipe tem recebido o apoio da diretoria do campus.

“Vale salientar que estamos trabalhando no sentido de aditar ao contrato os serviços de construção dos muros, urbanização e drenagem por exemplo, os quais proporcionarão um melhor acesso aos blocos, bem como maior segurança a toda a comunidade”, completa o servidor. De acordo com o engenheiro, a previsão é que estes serviços sejam autorizados no início de junho.

Novo bloco do Campus dos Malês em construção | Foto: Assecom

Para o reitor da Unilab, Alexandre Cunha Costa, o momento é de grande felicidade para a instituição, que agora poderá dar início a um planejamento mais próximo à realidade das necessidades do Campus dos Malês. “Desde que entrei na Pró-Reitoria de Planejamento, buscamos retomar o que estava parado, visando à modernização da universidade. A última grande obra é essa, a dos Malês. Foi um trabalho árduo das pró-reitorias e da direção do campus, mas apesar das dificuldades, estamos muito satisfeitos com o trabalho interno”, comemorou o reitor.

De acordo com o dirigente máximo, a expansão do campus localizado na Bahia é fundamental para o planejamento e desenvolvimento institucional da Unilab, propiciando uma nova realidade a ser trabalhada.

Diretora do Campus dos Malês, Mirian Sumica, e engenheiro da Unilab, Marcus Vinnicius, em conversa com representantes da empresa responsável pela obra | Foto: Assecom

Com sorriso no rosto e discurso emocionado, quem também celebrou a retomada das obras foi a diretora do Campus dos Malês, Mirian Sumica. “A ampliação é também a retomada da esperança, da consolidação desse projeto aqui na Bahia; desse projeto diferenciado que é a Unilab, uma universidade inclusiva, cidadã, popular, que mistura Brasil e África na integração de povos irmanados pela história desses países”, declarou.

Além da retomada da esperança de abertura de outros cursos, Mirian Sumica citou as melhores condições de trabalho aos servidores e de estudo para a comunidade. “É um momento em que a comunidade dos Malês vê que a resistência é o caminho, e que o Malês resiste com ampliação, com expansão. O Malês resiste sempre”, concluiu a diretora.

Foto: Assecom

Comentários encerrados.