“Unilab e UFC em Interação” marca parceria entre as universidades

Realizado há mais de 20 anos, o Seminário Linguístico (SeLin) da Universidade Federal do Ceará (UFC) agora conta com a parceria da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab). Na edição 2019.1, o Instituto de Linguagens e Literaturas (ILL) aceitou o convite que celebra a ligação entre as duas universidades, tendo como título “Unilab e UFC em Interação”.

O objetivo é promover debates abrangentes, por meio dos quais haja divulgação, estímulo e fortalecimento dos estudos sobre a área. Tradicionalmente conhecido pela promoção de palestras e mesas-redondas sobre linguística e assuntos relacionados aos curso de Letras, a nova expectativa é que a parceria promova a integração e a interação dos pesquisadores com os graduados dos cursos de Letras.

Segundo o coordenador e professor do Departamento de Letras Vernáculas e do Programa de Pós-Graduação em Linguística, Júlio Araújo, “a ideia do SeLin para este semestre é que os doutores nas Ciências da Linguagem da Unilab venham compartilhar conosco das Letras da UFC as pesquisas que desenvolvem no ILL da Unilab”.

As palestras serão ministradas no Auditório José Albano (Centro de Humanidades-UFC), às 18h, pelos docentes do ILL, com a seguinte programação:

15/04 – Prof. Fábio Fernandes Torres e Profa. Izabel Larissa Lucena Silva (Título: O Mestrado em Estudos da Linguagem: perspectivas e desafios da pesquisa no contexto da Unilab);
22/04 – Profa. Cláudia Ramos Carioca (Título: Análise da Intercompreensão no Contexto da Unilab);
29/04 – Profa. Maria Leidiane Tavares Freitas (Título: #porramaridos: o debate sobre violência de gênero nas narrativas de si no Twitter);
06/05 – Cássio Florêncio Rúbio (Título: O contexto sociolinguístico da Guiné-Bissau e suas implicações no ensino de língua portuguesa);
13/05 – Claudia Regina Rodrigues Calado (Título: A tradução intersemiótica de textos verbais pós-coloniais africanos);
20/05 – Elisabeth Linhares Catunda (Título: Práticas de leitura e de escrita acadêmicas em contexto multicultural);
27/05 – Ana Paula Rabelo e Silva (Título: Letramentos na academia e as transformações nas identidades de mulheres);
03/06 – Léia Cruz de Menezes Rodrigues (Título: A construção argumentativa das redações produzidas por candidatos estrangeiros aos cursos de graduação da Unilab: metodologia avaliativa construída a partir das demandas do objeto);
10/06 – Kaline Girão Jamison (Título: Representações sociocognitivas de violência por estudantes brasileiros e guineenses da Unilab;
17/06 – Tiago Martins da Cunha (Título: Análise de Sentimento: um recurso computacional para análise subjetiva de texto);
24/06 – José Olavo da Silva Garantizado Jr. (Título: Recursos tecnológicos no Projeto ProEnem (Unilab) e construção da argumentação em textos estilo Enem de estudantes de Redenção)

Comentários encerrados.