Unilab lança Plano de Desenvolvimento e Valorização do Servidor (PDVS)

A Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab), por meio da Superintendência de Gestão de Pessoas (SGP), apresenta à comunidade acadêmica o Plano de Desenvolvimento e Valorização do Servidor (PDVS). A primeira versão do documento foi lançada na 63ª Sessão Ordinária do Conselho Universitário (Consuni), no Campus das Auroras, em Redenção/CE.

O PDVS reúne sete ações consideradas necessárias e indispensáveis para a evolução das políticas de gestão de pessoas da Unilab. São elas:

1. Adaptações de logística – conjunto de adequações/ajustes no ambiente universitário à jornada de trabalho de servidores, em especial aos Técnicos-Administrativos em Educação, devido ao cumprimento da carga horária semanal e às peculiaridades da Unilab;
2. Atenção à saúde do servidor – constituição da política de atenção à saúde, segurança e qualidade de vida no trabalho e a adequação dessa à realidade da Unilab, especificamente à vivência da jornada de trabalho dos servidores;
3. Desenvolvimento de pessoal – definição clara da fomentação da capacitação dos servidores em prol do desenvolvimento institucional com base em indicadores de desempenho alinhados ao Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI), assim como ter participação direta de estudantes da Unilab em algumas atividades por meio de estágios e/ou trabalhos acadêmicos em matéria de pessoal;
4. Dimensionamento de pessoal – considerada a ação extremamente imprescindível e inédita na Unilab, tem o objetivo de definir as políticas internas que visam a melhor distribuição da força de trabalho rumo ao equilíbrio da capacidade produtiva das unidades administrativas e acadêmicas, sendo, em resumo, orientada para constituição de diretrizes e critérios no organograma da instituição, no estudo e avaliação da movimentação de pessoal docente e técnico e na necessidade de avaliar o desempenho dos serviços prestados pelas unidades sob olhar do PDI, através de indicadores de desempenho.
5. Jornada de trabalho – estudo, avaliação, aplicação e adaptação dos normativos pertinentes à jornada de trabalho dos servidores da Unilab, considerando todas as peculiaridades da instituição, em especial a realidade dos servidores.
6. Criação do Conselho Administrativo – contribuir para a constituição do Conselho Administrativo da Unilab, almejando a eficiência e celeridade na deliberação de assuntos em matéria de pessoal.
7. Criação da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas – reconhecimento institucional da importância da gestão de pessoas na universidade como unidade extremamente estratégica para alcançar os objetivos institucionais, além da valorização do servidor, o alinhamento com o PDI e o contexto nacional das universidades federais relativo à existência de uma Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas em suas estruturas organizacionais.

Acesse aqui o documento na íntegra.

Para Adriano Nascimento, superintendente da SGP, “o Plano é resultado de um levantamento das necessidades mínimas da área de recursos humanos e dos servidores da Unilab, quanto à execução, construção e/ou melhorias das políticas de gestão de pessoas na Unilab”. E completa, “ele (o Plano) estabelece as diretrizes orientadoras do planejamento da SGP para propostas de organização, gerenciamento e acompanhamento do desenvolvimento dos servidores públicos vinculados a esta universidade, tendo como referência as práticas em outras Ifes, a legislação pertinente e as expectativas da SGP para contribuição ao ensino, pesquisa e extensão, de forma democrática e transparente”.

O PDVS não possui prazo para completa execução, mas em cada ação há uma estimativa para conclusão de atividades.

Comentários encerrados.