Grupo Uniculturas participa do I Festmoda Maciço/Intesol

Grupo Uniculturas participou do I Festmoda Maçico, em Guaramiranga/CE | Foto: Uniculturas

O Grupo de Extensão “Uniculturas”, vinculado ao Projeto de Extensão “Performances da cultura afrodescendente” e coordenado pelo professor do Instituto de Humanidades (IH), Ricardo Nascimento, participou, , no início de maio, da primeira edição do Festmoda Maciço, promovido pela Incubadora Tecnológica de Economia Solidária (Intesol/Unilab), e demais parceiros no município de Guaramiramba/CE.

A participação no evento, que buscou envolveu educação, cultura africana e afro-brasileira, economia solidária e criativa, além de rodas de Arte e Cultura, Gastronomia, Agricultura Familiar, Moda e Artesanato, apresentou os modelos do Grupo de Moda do Uniculturas que foram responsáveis em levar ao palco a segunda coleção da Grife Algodão na Flor, idealizada pelo Instituto Algodão na Flor, composto por produtoras e produtores familiares da região do Maciço de Baturité/CE.

Além do Grupo de Moda, a programação cultural do evento contou com as apresentações do Uniculturas de danças africanas, representadas pelo Grupo de Dança “Toques da Banda”, que levou ao palco as danças oriundas de Angola, dentre elas: Semba, Kizomba e Kuduro.

Modelos do Uniculturas participantes do desfile da Grife Algodão na Flor, no I Festmoda Maciço | Foto: Uniculturas

Finalizando o Festival, o Grupo de Teatro “Afrisamé”, do Uniculturas, realizou uma apresentação teatral baseado na História da obra Zumbi dos Palmares (1655-1695), símbolo da resistência negra contra a escravidão.

Para o representante do Grupo Uniculturas, Gislailson Cá, escritor e egresso do Curso de Humanidades da Unilab, as apresentações culturais foram importantes não só para os membros do grupo mas também para a comunidade presente no Festival. O grupo Uniculturas busca representar a cultura diversificada através de suas performances “é importante para a comunidade externa, haja vista que, poucos tem acesso a riqueza cultural que a Unilab proporciona. Por outro lado, buscamos apresentar ao público um novo olhar sobre o continente africano, dos parceiro da Unilab, com suas riquezas e diversidades étnico-culturais dos países ”, finaliza Gislailson.

Grupo de Teatro “Afrisamé”| Foto: Uniculturas

Grupo de Extensão Uniculturas

O Grupo de Extensão Uniculturas: “Unidos pela Integração”, fundado em 9 de março de 2017, busca divulgar, valorizar e integrar as culturas dos países membros da Unilab: Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste, pautando-se em sete eixos temáticos: danças, desfile, teatro, poesias, músicas, palestras e minicursos. Ao mesmo tempo, em consonância com as diretrizes da universidade, o grupo objetiva aproximar a comunidade externa da universidade por meio de apresentações culturais diversificadas e, com isso, promover o esclarecimento e demostrar o que esse continente tem de melhor, apresentando, assim, um novo lado dessa África ainda pouco conhecida além de suas fronteiras.

Uniculturas: Unidos pela Integração: Instagram – @Uniculturas; e-mail: (grupouniculturas@gmail.com) e Facebook @UNIculturas.

Comentários encerrados.