Parceria entre a Unilab e BNB lança o Plano de Ação Territorial da Bananicultura

Autoridades presentes ao lançamento do Plano de Ação Territorial da Bananicultura (Maciço de Baturité/CE)

No início de maio (dia 3), no Auditório do Campus das Auroras, em Redenção/CE, a Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab), em parceria com o Banco do Nordeste do Brasil (BNB) e outras instituições renomadas da Região do Maciço de Baturité/CE e do Estado do Ceará, fizeram o lançamento do Plano de Ação Territorial da Bananicultura – Território do Maciço de Baturité, vinculado ao Programa de Desenvolvimento Territorial (Prodeter) e desenvolvido pelo BNB.

Dentre os presentes, compuseram a mesa, o reitor pro tempore da Unilab, Alexandre Cunha, representando o prefeito municipal de Redenção, o chefe de gabinete, Jonas Campelo, o diretor de Planejamento do BNB, Perpétuo Cajazeiras, o superintendente estadual do BNB/CE, Rodrigo de Oliveira, o gerente geral do BNB em Baturité, Esau Fonseca, o coordenador do Comitê Gestor Territorial (CGT) da Bananicultura do Maciço de Baturité e professor do Instituto de Desenvolvimento Rural (IDR/Unilab), Luis Gustavo Chaves da Silva, diretor geral do Instituto Federal do Ceará (IFCE), Lourival Aquino, representando o secretário de Desenvolvimento Agrário do Estado do Ceará, José Gilber (coordenador de Fruticultura da SDA), e representando o diretor técnico da EmaterCE, Edberto Bonfim. Além destes, esteve no evento o gerente de Desenvolvimento Territorial do BNB/Pernambuco, Ronald da Silva, prefeitos da região do Maciço e demais regiões metropolitanas, docentes e estudantes da Unilab e campi do IFCE, como também, grupos de produtores rurais e associações.

No evento, estiveram presentes autoridades da região do Maciço de Baturité, convidados, agricultores, docentes e estudantes no Auditório do Campus das Auroras/CE

Para descontrair o público presente, a apresentação cultural do projeto “Lamparina de Histórias na Unilab”, vinculado à Pró-Reitoria de Extensão, Arte e Cultura (Proex/Unilab), trazendo a contação de histórias para animar os participantes.

Momento interativo entre o grupo “Lamparina de Histórias na Unilab”, projeto de extensão da Proex e o público participante no evento

Após agradecimento às autoridades presentes, agricultores e demais, o superintendente estadual do BNB/CE, Rodrigo de Oliveira, esclareceu que o “Prodeter é um programa diferenciado, que visa o desenvolvimento da região para fortalecer a cadeia produtiva, às atividades escolhidas, como a Bananicultura, trazer inovação tecnológica, aumentar a geração de emprego e renda, e melhorar a condição de vida da população, deixando a disposição aos municípios da região os serviços do BNB/CE, mesmo sabendo do desafio e responsabilidade nesta missão de desenvolvimento”, finalizou.

Alexandre Cunha, reitor pro tempore da Unilab, destacou a importância da Unilab, IFCE e demais novos institutos no processo de interiorização do ensino superior no Maciço de Baturité e no Estado, e pontuou que o desenvolvimento regional é tão importante para as universidades públicas latino-americanas quanto a pesquisa e a extensão. “Não há desenvolvimento regional sem considerar a vocação territorial. E, o BNB e o conjunto de equipes e instituições técnicas, conquistaram novas parcerias com a Unilab e o IFCE. Devido a importância, o Prodeter deve ser abraçado por todas as universidades implantadas no interior para fomentar o desenvolvimento regional”, enfatizou o também professor do Instituto de Engenharias e Desenvolvimento Sustentável (IEDS/Unilab).

“A Unilab entra como parceira na difusão tecnológica e desenvolvimento de tecnologias”, declarou Luis Gustavo, coordenador do CGT/Bananicultura

No tocante ao desenvolvimento das fases de execução do Plano de Ação da Bananicultura do Maciço de Baturité, em eventos de trabalho desde setembro de 2018, o coordenador do CGT, Luis Gustavo Chaves da Silva, relatou o trabalho desenvolvido na cadeia produtiva da banana (técnico, comercial, logístico, desde a preparação do solo, conservação do meio ambiente, preservação das áreas de produção, produção, qualidade, logística de venda e comercialização, além do marketing), escolhida nesta região pelos técnicos do BNB e produtores de forma generalizada. A parceria da Unilab no projeto consta pela difusão tecnológica e desenvolvimento de tecnologias, envolvendo professores, técnicos e todos que compõem o trabalho. 

Segundo o professor do IDR/Unilab, Gustavo Silva, as próximas etapas seguem com a capacitação dos agentes que acompanharão os produtores no campo, em suas áreas, e a aplicação do “Marco Zero” (analisa desde o estado produtivo da região neste momento), além do destaque no desenvolvimento do plano que analisará o crescimento anual conquistado ao longo das atividades do projeto.

Raimundo Aécio, agricultor e participante do CGT da bananicultura do município de Redenção/CE

Segundo o agricultor Raimundo Aécio, participante do CGT da Bananicultura de Redenção/CE, o escoamento da produção regional e comercialização (variação da cotação de preços) sofrem dificuldades, já que a negociação dos produtos são realizados, na grande maioria, junto à Centrais de Abastecimento do Ceará (Ceasa/CE), “este projeto já era para ter sido implantado há muito tempo. A assistência técnica e financeira da nossa região é muito deficitária. Outras regiões têm mais ganhos devido a este diferencial de assistência. Como esta parceria entre a Unilab, BNB e outras instituições e órgãos, o desenvolvimento das produções prometem”, afirma o agricultor. 

Plano de Ação Territorial da Bananicultura

O plano de ação territorial da bananicultura do território Maciço de Baturité é composto pelos municípios de Aracoiaba, Baturité, Capistrano e Redenção. É uma iniciativa e realização do BNB em parceira com as prefeituras municipais, Unilab, IFCE, Senar/CE, Emater/CE, Sda, Sinrurais, Sindicatos dos Trabalhadores Rurais, Sebrae/CE, secretarias de agricultura municipais, Adagri, Ceasa, Sintraf, Embrapa, Agroindústria Tropical, Cooperativa da Agricultura Familiar de Capistrano, Associação de Artesanato da Palha da Bananeira de Baturité e parceiros empresariais da cadeia produtiva da bananicultura.

Segundo a gerente executiva de desenvolvimento territorial da Superintendência Estadual do BNB/CE, Jeania Gomes, o Plano tem o objetivo  de trabalhar os produtores na perspectiva de organizar a cadeia produtiva da atividade da bananicultura, tornando-a competitiva, rentável, gerando emprego e renda, com isso melhorando as condições de vida das famílias desses produtores no campo.

Jeania Gomes, gerente executiva de desenvolvimento territorial do BNB/CE

Programa de Desenvolvimento Territorial (Prodeter)

O Prodeter é um programa desenvolvido pelo Banco do Nordeste do Brasil (BNB) que incorpora um conjunto de estratégias com objetivo de potencializar a competitividade das atividades produtivas regionais, como a construção e implementação de plano de ação e dotação orçamentária para financiamentos, o fortalecimento da governança por meio de comitês locais e territoriais, além da integração das políticas públicas necessárias ao desenvolvimento local e territorial.

É papel dos comitês locais e territoriais priorizar as atividades econômicas com maior potencial competitivo, estabelecendo parcerias para a redução dos entraves ao seu desenvolvimento e promovendo a expansão do crédito.

Comentários encerrados.