Professores e discentes do Mestrado Interdisciplinar em Humanidades da Unilab participam de edições do e-book Ensaios Interdisciplinares em Humanidades

Funcionando desde 2016, o Mestrado Interdisciplinar em Humanidades da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira participou das duas edições E-book Ensaios Interdisciplinares em Humanidades.

A primeira edição do E-book data de 2017 e expressa parte da trajetória docente e discente da primeira turma que integra o programa, composto por doze docentes permanentes que atuam em uma das duas linhas de pesquisa do MIH – Educação, política e linguagens e Trabalho, desenvolvimento e migrações. Os artigos refletem a caminhada dos sujeitos envolvidos no processo dialógico de aprendizagem proporcionado pela experiência de estarem crescendo uns com os outros. “Mútuo, este processo requer, com efeito, afeto e solidariedade, isto é, a criação de uma rede de aproximações, cuja trama vai sendo tecida de acordo com os interesses da pesquisa de cada autora e autor que integram o conjunto da obra”, destaca o coordenador do mestrado, professor Antonio Vieira. Os contatos e as trocas, pautados pela escuta aprendente dos envolvidos na elaboração do livro, ganham corpo, chegando até as mãos da comunidade acadêmica e do público em geral.

A segunda edição da obra Ensaios Interdisciplinares em Humanidades (2019), que agora se publica, é uma importante referência para os estudos interdisciplinares. A iniciativa de elaborar o e-book consagra todo o empenho de pesquisadores e estudantes do MIH em trazer a lume as pesquisas que estão sendo desenvolvidas e, ainda, consolida a parceria do MIH-Unilab com o Programa interdisciplinar da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), com a publicação do artigo que abre essa edição de autoria do estudante do mestrado Rogério da Silva, em parceria com o professor Marcos de Camargo, do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais e Humanas (PPGICSH). “Que se enalteça essa disposição para congregar numa mesma obra estudos que nasceram da interdisciplinaridade, peculiar ao MIH, que reúne – e faz dialogar de forma imanente – as áreas de Filosofia, Letras, Linguística, Pedagogia, Sociologia, Antropologia e História”, afirmou Vieira. As duas obras se encontram disponíveis também na página do MIH: mih.unilab.edu.br.

Sobre o MIH

O Mestrado Interdisciplinar em Humanidades (MIH) nasceu do desejo de expandir os pilares que fundamentam a criação e a existência da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab), entre eles a interdisciplinaridade, para o âmbito da pós-graduação, acolhendo, dessa forma, estudantes brasileiros e internacionais. O MIH tem cumprido, desde sua implementação, a relevante missão de consolidar os estudos interdisciplinares, propondo-se, ainda, a atender às carências internacionais, no contexto da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), nacionais, regionais e microrregionais, por meio da formação de recursos humanos com perfil interdisciplinar, internacional e cooperativo, capazes de atuar nos países que compõem a CPLP. Daí decorre a recomendação e aprovação, em maio de 2015, do Mestrado Interdisciplinar em Humanidades pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Em 2016 inicia o seu funcionamento, sob a coordenação do professor Antonio Vieira e secretariado pela servidora técnico-administrativa Márcia Cabral, com o ingresso da primeira turma.

Duas turmas se formaram pelo Mestrado, 30 estudantes egressos que atuam nas mais diversas áreas profissionais e acadêmicas: ensino fundamental, médio e universitário, gestão escolar, teatro, artes plásticas, serviço social, psicologia etc. Destaca-se ainda a aprovação de egressos em doutorados de Programas no país e em Portugal: Programa de Pós Graduação em Políticas Públicas (UFMA); Programa de Pós-Graduação em Sociologia (UFPB) e no Programa de Pós-Graduação em Educação Artística, na Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto, em Portugal.

Comentários encerrados.