Unilab participa de evento comemorativo ao 1º ano de implementação da Casa da Mulher Brasileira do Ceará

Equipe da Propae, representante do CIEG Dandara, discentes da Unilab e docentes da UECE, no evento promovido pela Casa da Mulher Brasileira (CMB/CE) | Foto: Propae/Unilab

A Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab), representada pela equipe da Pró-Reitoria de Políticas Afirmativas e Estudantis (Propae), participaram, no último dia 26 de junho, em Fortaleza/CE, do evento promovido pela Casa da Mulher Brasileira no Ceará (CMB/CE) em alusão ao primeiro ano de implementação com atendimentos humanizados e integrais destinados às mulheres em situação de violência, a fim de garantir condições de enfrentamento à violência, de empoderamento e autonomia econômica, bem como a ampliação e o fortalecimento de serviços especializados, com a integração e articulação dos mesmos. 

A Casa da Mulher Brasileira do Ceará (CMB/CE) está localizada à Rua Teles de Souza com Tabuleiro do Norte, S/N, bairro: Couto Fernandes, contato pelo telefone: (85) 3108.2993/ 2936 ou e-mail: casadamulherbrasileira@sps .ce.gov.br.

Além da participação da Pró-Reitora da Propae/Unilab, assistente social e mestre em Educação, Socorro Maciel, do Coordenador de Atenção à Saúde Estudantil da Unilab, psicólogo Weslay Mendonça, da representante do CIEG Dandara, professora Violeta Holanda e de discentes da Unilab, o evento contou com a presença dos demais apoiadores estratégicos dos órgãos da Rede de atendimento às mulheres em situação de violência como: a Delegacia de Defesa da Mulher, o Núcleo de Gênero Pró Mulher do Ministério Público, o Núcleo de Enfrentamento a Violência contra a mulher da Defensoria Pública, Juizado da Mulher, o Centro de Referência da Mulher, a Célula de Autonomia Econômica da SPS, dentre outros parceiros, oferecendo seus serviços.

Sobre a CMB/CE

A Casa da Mulher Brasileira, coordenada por Daciane Barreto, enquanto espaço inovador e humanizado, integra em um mesmo local, serviços de referência especializados para todos os tipos de violência contra as mulheres baseadas em gênero, prestando acolhimento e triagem, apoio psicossocial, atendimentos da delegacia especializada, juizado especializado, do Ministério Público, Defensoria Pública e com ações de promoção de autonomia econômica. Além disso, a estrutura construída prevê o cuidado das crianças que acompanham as mulheres em situação de violência numa brinquedoteca, enquanto o atendimento é realizado, um alojamento de passagem por um período de 48 horas para as mulheres sob risco iminente de morte, com possibilidade de encaminhamento à rede de serviços externos e uma central de transportes. Além de dispor de um auditório, salas de reuniões dentro de cada serviço, uma recepção ampla, além de refeitórios para funcionárias(os).

Participação de Socorro Maciel, pró-reitora da Propae/Unilab, no evento comemorativo ao 1º ano de serviços prestados às mulheres em situação de violência promovido pela Casa da Mulher Brasileira no Ceará (CMB/CE)| Foto: Propae/Unilab

Comentários encerrados.