Proex divulga avaliação do IV Festival das Culturas e lança votação para o tema do próximo Festival das Culturas

Entre os dias 06 e 30 de junho de 2019, a Coordenação de Arte e Cultura da Proex solicitou que a comunidade acadêmica da Unilab fizesse uma avaliação sobre a realização do IV Festival das Culturas, por meio de um formulário do google. Nesta consulta, era solicitado ainda que os respondentes indicassem um tema para o próximo Festival das Culturas. Embora a participação da comunidade tenha sido muito inferior à expectativa da Proex, é possível notar o aumento da participação dos Institutos e de outros setores da Unilab na avaliação, o que denota a participação também nas atividades do Festival. Apenas um entre os institutos não respondeu ao questionário. Agora, você pode escolher o tema da próxima edição do festival, nesta enquete, que vai até 26 de julho.

Na consulta, tentamos avaliar quesitos como a divulgação, a programação, organização, temas abordados, qualidade das atividades artísticas e culturais e como foi percebida a realização do terceiro dia fora da universidade. De uma forma geral, o festival foi muito bem avaliado pelos respondentes. A média de aprovação em todos os quesitos não ficou abaixo de 70%, entre as pessoas que consideram boa e ótima a realização do IV Festival das Culturas. Contudo alcançamos índices de aprovação acima de 80% em quesitos como organização do evento e qualidade das atividades culturais.

Segundo a avaliação, o IV Festival das culturas teve seu pior momento devido, segundo um respondente à “limitação de recursos financeiros”, enquanto outro indicou que a “falta das estruturas de palco, som e luz não ajudou nas apresentações noturnas no campus da liberdade”. Alguém de São Francisco do Conde, perceptível devido a referência que fez ao concurso de talentos musicais, apontou que deveria ter “disponibilidade de equipamentos que garantam a qualidade das apresentações artístico-culturais durante todos os dias do festival”. Esse é um problema que a Proex está tentando resolver por meio da capitação de recursos de editais de incentivos fiscais para a Arte e Cultura. Exatamente por isso, estamos iniciando o planejamento do próximo Festival com muita antecedência.

O ponto alto, segundo os participantes da avaliação foi a saída dos muros da universidade. Alguém pontuou que o Festival “foi maravilhoso, em especial a diversidade das oficinas que envolveu a comunidade acadêmica e a comunidade do município”. Outra pessoa pontuou que “ainda permanece uma lacuna na articulação com as cidades, embora tenha considerado bastante positivo focar em Baturité”. A nossa intenção para a próxima edição será fazer uma consulta as cidades do Maciço e Recôncavo para ver quem oferece maiores contrapartidas à universidade para que possamos realizar um dia do Festival na que tiver melhores contrapartidas.

A avaliação teve muitas sugestões para o tema do V Festival. Cerca de quarenta sugestões. Muitas destas sugestões são semelhantes, motivo pelo qual sempre fazemos uma síntese para chegar a um número de opções entre as quais a comunidade possa escolher. Por isso que submetemos para a votação da comunidade acadêmica os cinco temas propostos na enquete. Esperamos que a participação na escolha dos temas sugeridos tenha uma participação maior que a da avaliação.

Comentários encerrados.