Propae divulga nota sobre os acessos indevidos ao Restaurante Universitário (RU)

Do conjunto de programas, projetos e serviços destinados à permanência estudantil na Unilab, a manutenção dos Restaurantes Universitários (RUs) constitui garantia do direito fundamental à alimentação aos discentes em situação de extrema vulnerabilidade.

Isso requer especial observância ao princípio ético de manutenção do funcionamento do serviço e adequação no seu acesso, como forma de assegurar que os discentes que têm nos RUs da Unilab sua única fonte de alimentação continuem usufruindo desse direito.

Além disso, devido à limitação do orçamento do PNAES em relação à demanda, desde janeiro deste ano, toda a arrecadação proveniente dos RUs é convertida em auxílios.

Foram registrados, entretanto, mais de 800 (oitocentos) acessos indevidos durante o almoço no RU do Campus da Liberdade, na sexta-feira passada (26), totalizando até o momento mais de 1000 acessos indevidos desde o início do movimento de ocupação na Unilab. Diante disso a Pró-Reitoria de Políticas Afirmativas e Estudantis (Propae), setor que faz a gestão dos RUs, vem a público repudiar qualquer ato que oriente o acesso indevido, o bloqueio ou qualquer alteração na dinâmica de funcionamento do serviço, de modo a comprometer esse direito fundamental e o financiamento de parte dos auxílios estudantis ainda neste ano.

Redenção, 29 de julho de 2019.

Pró-reitoria de Políticas Afirmativas e Estudantis
Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira

Comentários encerrados.