Parceria entre a Unilab e Secretaria de Desenvolvimento Rural da Bahia promove reflexão sobre os fazeres e saberes rurais

Reunião das instituições parceiras | Foto: Nyemba/BA

Como parte integrante da 16ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, a Unilab, junto a equipe do Campus dos Malês/BA, em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Rural do Estado do Bahia (SDR), promoveram a primeira etapa da “Mostra Interterritorial Científica e Tecnológica da Bahia” com o tema: “Tecnologia, inovação e vivências no rural”, ocorrido no período de 24 e 25 de outubro, na Bahia.

O evento foi coordenado pelo grupo dos Processos Sociais, Memórias e Narrativas Brasil/África (Nyemba) – formado por pesquisadoras da Unilab/BA – e a Coordenação Executiva de Pesquisa, Inovação e Extensão Tecnológica (Cepex), alocada na SDR, e conta com apoio Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) além das instituições parceiras.

A “Mostra Interterritorial Científica e Tecnológica da Bahia: Tecnologia, inovação e vivências no rural” buscou destacar a importância da Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I), associada do desenvolvimento das áreas rurais no interior do estado envolvendo diferentes atores: estudantes de ensino médio e superior, produtores e produtoras de agricultura familiar, comunidades tradicionais e sociedade civil.

No primeiro momento, foi realizada a formação com o tema “Bioeconomia:
Diversidade e Riqueza para o Desenvolvimento Sustentável na Bahia” conduzida por Gilmar Souza Santos, pesquisador da Embrapa. Nesta etapa, em outubro deste ano, os parceiros exaltaram a relevância da proposta, que promove a interiorização de um evento de CT&I, associado ao desenvolvimento rural, dialogando com saberes tradicionais e promovendo mulheres no fazer científico.

Além da formação, uma reunião de planejamento envolveu as instituições engajadas com o projeto: instituições de Ensino Superior (Universidade Federal do Recôncavo Baiano (UFRB), Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano (IFBaiano); instituições do governo estadual: Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (SECTI), Secretaria de Educação do Estado da Bahia (SEC); e órgãos associados aos produtores rurais: Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR) e Superintendência Baiana de Assistência Técnica e Extensão Rural (Bahiater), além da Unilab e SDR.

Abertura da Mostra com Gilmar Santos (Embrapa), José Tosato e Helca Alves (SDR) e Carla
Craice (Unilab/BA) | Foto: Nyemba/BA

Como ações futuras, a Unilab, Campus dos Malês/BA, sediará a próxima etapa, prevista para março de 2020. Como planejamento proposto, está previsto uma exposição de experimentos científicos, tecnológicos e sociais de agricultores e estudantes de Ensino Médio, em especial daqueles que tenham envolvimento de mulheres experimentadoras, um seminário com troca de saberes e fazeres terapêuticos de comunidades quilombolas e um ciclo de palestras com as temáticas de Bioeconomia, Vida sobre a Terra, Segurança Alimentar, Mudanças Climáticas, entre outros.

Em abril de 2020, programa-se a execução da terceira etapa do evento, sediada no município de Itapicuru, envolvendo municípios localizados no Litoral Norte e Agreste Baiano.

Comentários encerrados.