II Semana de História tem atividades suspensas nesta terça (26)

As atividades da II Semana de História, marcadas para terem início nesta terça-feira (26), foram suspensas em virtude das fortes chuvas em Salvador e no Recôncavo Baiano. A organização informa que estão mantidas as programações e atividades previstas para os dias 27 e 28 de novembro.

Serão dois dias de atividades no Campus dos Malês, em São Francisco do Conde/BA. A abordagem desta segunda edição traz a temática “Estudos Africanos e Afro-brasileiros: História, Política e Educação”, que será desenvolvida na realização de conferências, grupos de trabalho, mesas-redondas, mini-cursos, oficinas, exposição de livros e atividades culturais.

A ação busca apresentar e discutir os desafios que a História enfrenta na contemporaneidade, sua luta por liberdade, justiça e igualdade. “Reunimos historiadores e pesquisadores de diferentes áreas numa perspectiva crítica de combate à exclusão social das mulheres, da população indígena, negra, LGBT, das classes subalternas e dos povos não europeus do processo histórico ‘universal’. Envolvidos com os problemas do nosso tempo, nós historiadores, que temos o ‘dom de despertar no passado as centelhas da esperança’, queremos contribuir com nossas pesquisas sobre realidades históricas ambíguas e ambivalentes, para as mudanças e transformações sociais progressistas”, explica a organização.

Como convidada, a conferência de abertura contará com a participação da professora da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), Luciana Cruz Brito, historiadora e doutora em História Social pela Universidade de São Paulo (USP), além de mestre em História Social pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP).

João Francisco dos Santos (Madame Satã), Nascido em 25 de fevereiro de 1900 em Glória do Goitá, Pernambuco.

A “Biografia da Madame Satã” será o tema abordado na conferência de encerramento, dia 28 de novembro, no Auditório do Campus dos Malês, com o professor da UFRB Antonio Liberac Cardoso Simões Pires, historiador, mestre em História e doutorando em História pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp/SP). Atualmente é professor permanente no Mestrado Profissional em História da África, da Diáspora e dos Povos Indígenas, do Centro de Humanidades, Artes e Letras da UFRB e Pesquisador CAPEs 2016 – 2019, Projeto de Internacionalização Arquivo Brasil Moçambique.

Confira a programação da II Semana de História do Campus dos Malês/BA.

Comentários encerrados.