Projeto de extensão Café com Letras discute as principais dificuldades na leitura e na escrita de alunos ingressantes em curso de graduação

O projeto de extensão Café com Letras, coordenado pela professora Izabel Silva, realiza na próxima terça-feira (04), as 15h, no Bloco 03, 2º andar, sala 212, da Unidade Acadêmica dos Palmares, em Acarape/CE, a palestra “Produção de gêneros acadêmicos: um estudo sobre as principais dificuldades na leitura e na escrita de alunos ingressantes em curso de graduação”

A palestrante será a professora da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab), Elisabeth Catunda. Ela irá apresentar sua pesquisa, a qual tem como objetivo identificar e analisar as principais dificuldades na produção de gêneros acadêmicos por alunos ingressantes em um curso de graduação da Unilab.

“A metodologia adotada configura-se como um estudo de caso de abordagem quanti-qualitativa e o período de coleta de dados foi de dois semestres letivos (2018.1 e 2018.2). Entendemos que esse estudo seja relevante, pois o desenvolvimento de tal investigação poderá trazer contribuições significativas aos próprios sujeitos da pesquisa, como também aos professores da Universidade, tendo em vista que estes poderão conhecer as principais problemáticas apresentadas pelos alunos na leitura e na produção de textos de cunho científico”, explica Catunda.

A palestrante diz ainda que “Os dados computados até o presente estágio em que a pesquisa se encontra apontam que, apesar dos gêneros acadêmicos, objetos da pesquisa, estarem presentes com frequência, principalmente nas disciplinas dos dois semestres iniciais do curso, os discentes apresentam dificuldades pontuais na leitura e na construção de tais gêneros. Nesse sentido, constatamos que há necessidade de que as disciplinas dos dois semestres trabalhem com orientações semelhantes sobre os gêneros produzidos e que os discentes busquem resolver as dificuldades com leitura e escrita no ambiente acadêmico.”


Sobre a palestrante

Elisabeth Linhares Catunda é Doutora e Mestre em Linguística pelo Programa de Pós-Graduação em Linguística da Universidade Federal do Ceará (PPGL/UFC); Graduada em Letras (Português/Literatura) pela Universidade Estadual do Ceará. Atualmente, é Líder do Grupo de pesquisa Discurso Institucionalizado e Argumentação ( DIA/ UNILAB) Tem experiência na área de Linguística, com ênfase em Práticas Discursivas/ Linguística textual, Produção textual na academia, atuando principalmente nos seguintes temas: acórdão, linguagem jurídica, gênero textual, comunidade discursiva, gênero textual e sequência textual.

Comentários encerrados.