Começa hoje (11) a IV Conferência Internacional dos Estudantes Guineenses de Ciências Humanas

Discutir as problemáticas da sociedade guineense perante a conjuntura social, cultural e religiosa na contemporaneidade é o objetivo da Conferência Internacional dos Estudantes Guineenses de Ciências Humanas da Unilab, que chega a sua quarta edição. As atividades começam hoje (11) e vão até a próxima sexta-feira (13).

Com o tema “Guiné-Bissau na contemporaneidade: guineendade, etnicidade, mindjerndade e ecologia”, o evento acontece no Auditório de Bloco Didático do Campus da Liberdade, em Redenção/CE. As atividades são destinadas não apenas a estudantes, mas a toda a comunidade acadêmica. Conta, ainda, com a colaboração dos grupos culturais Firkidja di no Kampada e Cabaz di Terra, que atuarão nos espaços culturais.

A ideia da Conferência nasceu da inquietação dos estudantes a respeito de diversos assuntos nas salas de aula. “Decidimos criar esse espaço, que serve para alavancar nosso dia a dia acadêmico, onde podemos trocar ideias, impressões, e crescermos juntos”, explica a organização.

O evento também busca proporcionar uma compreensão do campo das Ciências Humanas, a sua importância e perspectivas de atuação concretas aos recém-formados na área.

Confira aqui a programação completa do evento.

A IV Conferência Internacional dos Estudantes Guineenses de Ciências Humanas tem apoio da Pró-Reitoria de Extensão, Arte e Cultura, Associação dos Estudantes Guineenses na Unilab (AEGU), e da Coordenação da Licenciatura Plena em História.

Comentários encerrados.