Está aberta a chamada para a apresentação de artigos que irão compor o livro Unilab 10

O ano de 2020 é em si um convite para refletir uma década de existência da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-brasileira (Unilab), emergida nos desafios e perspectivas que vislumbram a construção coletiva de uma universidade internacional. Para marcar essa efeméride, está aberta a chamada para apresentação de trabalhos que irão compor o livro “Unilab 10 anos: experiências, desafios e perspectivas de uma universidade internacional com a África no interior do Ceará e Bahia”.

Esta publicação, que é uma iniciativa independente e organizada por professores da Unilab, tem por objetivo receber contribuições de artigos sobre o processo de construção da Unilab, a articulação do projeto internacional e interiorizada, o papel dos africanos na potencialização da internacionalização, a questão de políticas afirmativas e equidade de gênero, da internacionalização de currículos e seus desafios, a cooperação internacional na atual conjuntura política e as relações entre os países da CPLP.

As contribuições devem ser enviadas até 30 de abril de 2020 para os endereços eletrônicos: artemisaodila@unilab.edu.br e/ou ivanlima@unilab.edu.br. Os trabalhos têm que obedecer as regras de publicação dispostas nas normas da ABNT e ter entre 10 e 15 páginas.

Unilab: um projeto de integração internacional em curso

A Unilab é um projeto de ensino superior, fundamentada na internacionalização com a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), e, em particular, com os países Africanos de Língua Portuguesa (PALOP’s), numa perspectiva que reforça a cooperação solidária Sul-Sul e que objetiva a integração entre o Brasil e os demais países membros da CPLP.

Trata-se, portanto, de um projeto que coloca ênfase nos países africanos, cuja proposta assenta numa perspectiva epistemológica decolonial, na pluralidade de temáticas e enfoques, por meio da produção e do acesso livre ao conhecimento produzido no contexto da integração acadêmica entre as instituições da CPLP.

“A Unilab, com proposta de transformar em políticas públicas de superação das desigualdades o acesso ao ensino superior, marca uma ruptura no Brasil no modo de pensar o ensino superior público, de qualidade e democrático. O projeto ousado de uma universidade revolucionária, com caráter internacional e interiorizada, empreende em seus desafios implicados no processo de implantação de suas diretrizes, num contexto em que a democratização do ensino superior e o acesso à educação de qualidade estão em perigo”, reforça Artemisa Cande Monteiro, uma das organizadoras do livro.

Para mais informações entrar em contato com os organizadores da publicação: Artemisa Cande Monteiro (artemisaodila@unilab.edu.br) e Ivan Lima (ivanlima@unilab.edu.br), docentes da Unilab.

Comentários encerrados.