O fortalecimento do ensino básico foi destaque na Jornada para Capacitação e Desenvolvimento de Gestores da Educação Pública do Maciço do Baturité/CE

Palestra da professora do IH/Unilab, Geranilde Costa na I Jornada para Capacitação e Desenvolvimento de Gestores da Educação Pública do Maciço do Baturité/CE

Durante quatro dias (de 14 a 17), a primeira edição da Jornada para Capacitação e Desenvolvimento de Gestores da Educação Pública do Maciço do Baturité/CE, promovida pela equipe de profissionais da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab) e pela Coordenadoria Regional de Desenvolvimento da Educação (Crede 8), buscou o fortalecimento do ensino básico, quanto às práticas administrativas e pedagógicas, pelas temáticas diversificadas apresentadas aos participantes, no Auditório do Campus da Liberdade, em Redenção/CE.

O público envolvido, entre professores gestores das redes públicas de ensino (estadual e municipal), além dos coordenadores de estágio das licenciaturas da Unilab, trocaram experiências, conheceram novos e importantes projetos desenvolvidos por profissionais envolvidos com a questão da educação pública da região, favorecendo a criação de novas possibilidades de aprendizagem e compartilhamento das necessidades e ações cotidianas dos gestores e professores  da região do Maciço do Baturité/CE.

Para abertura do evento, estiveram presentes a vice-reitora e professora do Instituto de Ciências da Saúde (ICS/Unilab), Andrea Linard, os coordenadores do evento, professores do Curso de Pedagogia, vinculado ao Instituto de Humanidades (IH/Unilab), Geranilde Costa e Luis Carlos Ferreira, representando a Pró-Reitoria de Extensão, Arte e Cultura (Proex/Unilab), Edmara Costa, além da orientadora da Célula de Gestão Administrativa Financeira (CEGAF), Michelly Gonzaga, do coordenador pedagógico do Instituto Aliança, Francisco Chagas Neto, da professora Erislene da Mata, da secretária adjunta da Secretaria de Educação  do Município de Redenção/CE, Angelica Bezerra, do professor e diretor da EMEF Rodrigo de Argolo Caracas, Ozenir Dias Jacaúna e da professora e diretora da EEMTI Padre Saraiva Leão, Janielly Bessa.

Professores gestores da rede pública de ensino fundamental e médio (estadual e municipal) do Maciço de Baturité/CE

Nesta edição, o destaque foi dado aos trabalhos dos gestores educacionais que, antes de tudo, proporcionam a transformação das mais diversas realidades apresentadas em cada espaço didático-pedagógico, tendo como suporte a apresentação das pesquisas e projetos desenvolvidos pelos estudantes e profissionais das licenciaturas da Unilab, atuantes há quase uma década no Estado do Ceará.

Os processos de interação e integração

Segundo a vice-reitora da Unilab, Andrea Linard, no Festival das Culturas do Ceará de 2019, a Unilab, através da Proex, estreitou os laços com a Crede 8, proporcionando assim, uma maior participação de alunos das escolas públicas da região do Maciço de Baturité/CE em diversas atividades ao longo do festival. Outro destaque quanto a interação, foi a presença quantitativa dos alunos na VI Semana Universitária da Unilab.

Nesta integração de ações, dando sequência, inúmeras reuniões entre Proex, representada pela pró-reitora, professora Rafaella Pessoa, e o coordenador da Crede 8, professor Afonso Jampierry Almeida, foram realizadas para desenvolver ações mútuas de impacto na área de educação da região. Outros encontros foram ampliados com a participação de setores administrativos da Unilab e dos representantes dos Institutos com condições técnicas de colaborar com as pautas, inclusive com a participação de representantes da Secretaria de Secretaria da Educação do Estado do Ceará (Seduc).

“A função de gestor é de suma responsabilidade, pela execução de um bem maior e extremamente precioso, a EDUCAÇÃO. A Unilab abre as portas e se coloca a disposição de todos, tendo o compromisso institucional de apoiar e fortalecer esta ação primorosa. Os alunos acompanhados por vocês, uma parte da trajetória da vida, serão nossos futuros estudantes, que sairão da universidade como profissionais qualificados, visando o fortalecimento do mundo do trabalho.”, declarou Andrea Linard.

Ação pioneira na capacitação de gestores educacionais

Segundo Geranilde Costa, uma das coordenadoras do evento, esta ação pioneira foi desenvolvida para estreitar os laços com a universidade, visando a formação dos gestores (os gerenciados pela Crede 8 e os professores da rede municipal da região), além de fomentar a qualidade da educação, a relação e as contribuições que a Unilab pode oferecer neste processo. “Considerando a nossa peculiaridade, temos a responsabilidade de formar novos professores, ou capacitar os que já estão atuando nas redes de ensino, além de formar outros profissionais de distintas áreas de atuação”, esclareceu a professora do Curso de Pedagogia da Unilab.

Participação da professora do Curso de Pedagogia da Unilab, Rosangela Ribeiro

Para Maria do Carmo Sousa Silva, estudante do 6º semestre do Curso de Letras – Língua Portuguesa da Unilab e, atualmente, gerente do Programa Alfabetização na Idade Certa (PAIC), vinculado ao Governo do Estado. “Ao realizar o acompanhamento escolar, percebemos que os gestores precisavam desta capacitação e apoio qualificado, em busca do efetivo e significativo desenvolvimento dos trabalhos junto aos grupos escolares, sempre em parceria da nossa Unilab, através das ações dos estudantes estágios, bolsistas e cuidadores, pelos programas: Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (Pibic/Proppg) e Programa de Residência Pedagógica (PRP/Prograd/Capes/Unilab), atuam nas escolas públicas da região”, esclareceu a professora do município de Redenção/CE.

Entre as atividades apresentada aos participantes, os temas abordaram questões estratégicas e de desenvolvimento gerencial: “Perspectivas da gestão na educação pública do Maciço de Baturité”, “Avaliação de gestão para resultados de aprendizagem”, “Gestão escola: cultura de paz e mediação de conflitos”, “O objetivo da escola para a educação do século XXI”, Gestão Escolar: Atitudes indispensáveis de um gestor”, além do tema “O gerenciamento do cotidiano escolar”.

Nesta jornada, participaram os professores da Unilab do Instituto de Humanidades (IH) e Instituto de Linguagens e Literaturas (ILL) e professores das redes de Ensino Público (estatural e municipal), entre eles: Luís Carlos Ferreira, Claudia Carioca e Geranilde Costa, Luís Carlos, Viviane Pinho, Fátima Bertini, Sinara Mota e Rosangela Ribeiro.

Psicóloga e professora do curso de Pedagogia, vinculado ao Instituto de Humanidades (IH), Fátima Bertini

A diretora do Instituto de Linguagens e Literaturas (ILL), Cláudia Carioca, destacou o trabalho realizado pela equipe técnica de docentes da Unilab, de diferentes áreas de estudos, na produção desta jornada de capacitação. Com o ideal de trazer este grupo de professores-gestores para conhecerem o potencial e os trabalhos desenvolvidos pelos profissionais da universidade. “Estes gestores vão levar para suas comunidades a atuação da Unilab na vossa formação. Desta forma, a universidade tem uma perspectiva de crescimento considerado, ao espaço que pode atuar”, esclareceu a doutorada em Linguística.

Outro destaque, sob a contra partida, na importância da formação de nossos estudantes das licenciaturas, como também os bacharéis, “esperamos que a atuação no estágio supervisionado cresça e tenha um progresso efetivo para que, alunos e gestores, percebam o quanto é importante a atuação da Unilab nas escolas”, finalizou a pedagoga que realizou sua palestra no último dia do evento, na sexta (17), destacando a importância da “Gestão e acompanhamento de sala de aula”.

Cláudia Carioca, professora e diretora do ILL/Unilab

Maturidade de escola x responsabilidade com a comunidade

Entre as preocupações e destaques da atuação de gestão, Jampierry Almeida, coordenador da Crede 8, trouxe questionamentos importantes para discussão da platéia, envolvendo: as necessidades da escola, não só físicas ou estruturais, mas as necessidades pedagógicas dos professores e alunos, objetivando a montagem do cronograma da jornada pedagógica; destacou a necessidade da pró-atividades dos professores na elaboração e efetivação da interação com a comunidade, com intuito de melhoria da comunicação – universidade x rede estadual x rede municipal. “Nosso Maciço de Baturité é grande. Ele é forte. É feito de pessoas comprometidas, pessoas muito capacitadas. Só precisamos alinhar e afinar a nosso comunicação”, explicou Jampierry Almeida.

“Preste conta com a comunidade. A comunidade só irá sentir-se pertencente à escola, se a comunidade entender como está o estado da escola naquele momento. Assim, entender: Qual é o efeito que cada escola faz na vida dos alunos; Saber como recebemos e como devolvemos estes alunos. Não é só “seriação”. Não é só passar de uma série para outra. É saber qual é o efeito. Isto é Maturidade da escola. Devemos responsabilidade à sociedade”, destacou o professor da rede de ensino estadual e coordenador da Crede 8 (Maciço de Baturité).

Crede 8 - Jeanpierre
Afonso Jampierry Almeida, professor e coordenador da Crede 8 (Baturité/CE)

“Interação – abertura ao novo”, juntar as principais ferramentas da educação no Maciço (escolas das redes públicas x Unilab), este era o principal anseio do coordenador para o desenvolvimento da educação e pedagogia das escolas da região, Jampierry Almeida.

Haja vista a carência de capacitação e formação especializada dos gestores, após inúmeras reuniões com o corpo de profissionais da Unilab, firmou-se a parceria para uso do equipamento, da nossa universidade, em favor da educação pública básica, começando pela capacitação e potencialização dos gestores, visando uma interação e melhoria nos trabalhos dentro das escolas.

Jornada para Capacitação e Desenvolvimento de Gestores da Educação Pública do Maciço do Baturité/CE, promovida pela Unilab e pela Crede 8

Sobre o PAIC

O programa foi instituído desde 2007 e visa oferecer aos municípios formação continuada aos professores, apoio à gestão escolar, entre outros aspectos. Iniciou suas atividades com a meta de garantir a alfabetização dos alunos matriculados no 2º ano do Ensino Fundamental da rede pública cearense. É um programa de cooperação entre Governo do Estado e municípios cearenses com a finalidade de apoiar os municípios para alfabetizar os alunos da rede pública de ensino até o final do segundo ano do ensino fundamental.

Sorteios de livros aos gestores, doados pela professora Geranilde Costa

Comentários encerrados.