UNILAB suspenderá atividades acadêmicas presenciais e aplicação de provas nos países parceiros

A Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (UNILAB) comunica que serão suspensas por 15 dias as atividades acadêmicas presenciais da graduação e da pós-graduação, considerando o estado de emergência em saúde pública decretado pelo Governo do Estado do Ceará diante dos recentes casos confirmados do novo coronavírus no estado. A medida será disciplinada por resolução ad referendum do Conselho Universitário (Estatuto, art. 17, XXIV) e se estenderá ao Campus dos Malês, na Bahia, levando em conta os registros também crescentes na região.

Na tarde de hoje (16) o Conselho de Reitores das Universidades Cearenses – CRUC esteve reunido com o Secretário de Saúde do Estado do Ceará para tratar de ações conjuntas com base na situação atual. Enquanto isso na Bahia a Direção do campus participou de reunião da Secretaria de Saúde do Estado com universidades públicas e privadas, institutos federais e sindicatos.

O contexto da UNILAB é único e requer prudência, razão pela qual organizaremos, nesta terça-feira (17), um comitê de monitoramento para acompanhar de perto a situação. A reunião de amanhã discutirá a situação dos restaurantes universitários e de setores estratégicos que prestam serviços essenciais à comunidade acadêmica. Buscaremos maneiras criativas e possíveis para apresentar uma solução sensata para nossa universidade.

Comunicamos também que, em articulação com a Pró-Reitoria de Relações Institucionais, suspenderemos a aplicação de provas do Processo Seletivo de Estudantes Estrangeiros nos países parceiros, enquanto aguardamos os desdobramentos da situação.

Conclamamos a todos a agir com prudência, serenidade e visando à saúde e segurança de nossa comunidade acadêmica e sociedade.

Redenção, 16 de março de 2020.

A Reitoria
Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira

Comentários encerrados.