Unilab forma mais de 300 novos profissionais em 15 áreas do conhecimento

No começo da noite do dia 4 de março de 2020, no Campus da Auroras, em Redenção/CE, a Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab) viveu mais um momento especial de sua história ao realizar, em sessão solene, a cerimônia de colação de grau dos cursos superiores do semestre 2019.2.

Desta feita, estavam se formando 261 novos profissionais em treze áreas diferentes do conhecimento, sendo Bacharelados em: Administração Pública nas modalidades à Distância (03) e Presencial (30), Agronomia (23), Enfermagem (16), Engenharia de Energias (09), Humanidades (79); e Licenciaturas em: Ciências Biológicas (11), História (35), Letras/Língua Portuguesa (14), Matemática (07), Pedagogia (18), Química (04) e Sociologia (12).

Com isso, a Unilab reafirmava, por meio da realização dos seus graduandos, a sua missão institucional de “formar recursos humanos para contribuir com a integração entre o Brasil e os demais membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa – CPLP, especialmente os países africanos, bem como promover o desenvolvimento regional e o intercâmbio cultural, científico e educacional.”

E, logo em sua fala de abertura, o professor e Reitor Pro Tempore da Unilab, Alexandre Cunha, deixou claro que essa missão não estava sendo cumprida de qualquer modo, mas com competência e marcas históricas. “Esse é o momento mais especial da nossa universidade e, quebrando o protocolo, quero dizer para todos aqui presentes que vocês estão se formando numa universidade que deixou de ser um projeto para ser uma realidade consolidada, pois a Unilab, hoje, é a segunda melhor Universidade do Ceará e a nona do Nordeste [conforme dados do Ministério da Educação]”, destacou Cunha, antes de concluir: “Tenho certeza que com a equipe de professores e técnicos qualificados que temos hoje seremos, sem dúvida, uma universidade ainda melhor no futuro”.

 Em seguida, o reitor deu início aos trabalhos, lendo o discurso oficial: “Boa noite! Sejam bem-vindos os concludentes aqui presentes e seus respectivos convidados. Declaro abertos os trabalhos desta Solenidade de Colação de Grau dos cursos superiores de Bacharelados em: Administração Pública nas modalidades à distância e presencial, Agronomia, Enfermagem, Engenharia de Energias, Humanidades; Licenciaturas em: Ciências Biológicas, História, Letras- Língua Portuguesa, Matemática, Pedagogia, Química e Sociologia; do semestre de 2019.2 da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira”.

Antes da fala de abertura, foi feita a composição da mesa de honra, que contou com as presenças do reitor, Alexandre Cunha; da Vice-Reitora da Unilab, Andrea Linard; do Pró-Reitor de Graduação, Edson Holanda; da representante da Coordenadora do curso de Bacharelado em Administração Pública, na modalidade à distância, Rosana Reis; a Coordenadora do curso de Bacharelado em Administração Pública, na modalidade presencial, em exercício, Maria do Rosário Cysne; a Coordenadora do curso de Bacharelado em Agronomia, Susana Blum; a Coordenadora do curso de Bacharelado em Enfermagem, Patrícia Freire; o coordenador do curso de Bacharelado em Engenharia de Energias, Cleiton dos Santos; a Coordenadora do curso de Bacharelado em Humanidades, Carolina Bernardo; o Coordenador do curso de Licenciatura em Ciências Biológicas, Roberth Fagundes; o Coordenador do curso de Licenciatura em História, Sérgio Barreira; a Coordenadora do curso de Licenciatura em Letras, Língua Portuguesa, Suele de Souza; a Coordenadora do curso de Licenciatura em Matemática, Danila Tavares; a Coordenadora do curso de Licenciatura em Pedagogia, Geranilde Costa; a Coordenadora do curso de Licenciatura em Química, Mônica de Araújo; e o Coordenador do curso de Licenciatura em Sociologia, Thiago Vasconcelos.

A solenidade prosseguiu com a execução de trechos dos hinos dos países da Comunidade de Língua Portuguesa(CPLP): Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, São Tomé e Príncipe, Timor-Leste e Brasil.

Em seguida, a concludente do curso de Administração Pública, Nátila Freire, representando os demais formandos, foi convidada para prestar o solene juramento, sendo acompanhada por seus colegas. Assim, todos os formandos se puseram de pé e com o braço direito erguido, no sentido horizontal, proferiram, numa voz coletiva, o juramento:

“Prometo / sob o penhor da minha honra / exercer com dignidade profissional / as atribuições inerentes ao grau / que ora me é conferido, / visando ao serviço ao ser humano, / a construção de uma sociedade justa / e a promoção da integração entre os povos. Eu prometo!”

Então, chegou a vez dos discursos dos oradores, que, repleto de sentimentos de gratidão e dever cumprido é, talvez, a melhor tradução desse rito de passagem da vida de estudante à vida profissional.

Nesse sentido, a oradora do curso de Ciências Biológicas, Vitória Brasil, lembrou que a conquista de alguns representava o sonho de milhares de outros. “Somos filhos de muitos que não puderam realizar e seguir seus sonhos, mas que não só nos motivaram, como também, são uma das razões de estarmos aqui. Pais, essa conquista dedicamos a vocês, que nos põem acima de tudo e de todos. Então, é com imensurável prazer que hoje proclamamos e falamos em alto e bom tom que: o filho do agricultor formou! O filho da doméstica formou! O filho do motorista, da professora, do pedreiro, da cozinheira formou,” disse.

Já o discurso da oradora da turma de Agronomia, Aurea dos Ramos, fez, além dos elogios, um reconhecimento da qualidade do ensino, pesquisa e extensão da Universidade. “Unilab: somos com certeza muito gratos por termos feito parte da tua história, soubemos há uns meses atrás que esta universidade foi considerada 2° melhor do estado do Ceará pela MEC, entretanto, pra nós a melhor do Brasil, por ter tão pouco tempo de existência, mas, ensinar tanto pra quem faz parte de ti. Além de Agronomia ou qualquer outro curso que se aprende dentro da sala de aula, nos ensinas cada dia valores humanos, que faz com que enxerguemos o outro com mesmo grau de importância que damos a nós e uma diversidade cultural enorme.”

A oradora do curso de Administração Pública, Ana Brito, destacou que a formação na Unilab os deixou mais capazes para enfrentar os futuros desafios . “Caros colegas, que nunca esqueçamos do que nos trouxe até aqui, a vontade de aprender mais e de contribuir com nosso conhecimento e aprendizado. Que sejamos exemplo no exercício da nossa profissão, que façamos a diferença, honrando nossas famílias, professores, amigos e principalmente a nós mesmos. Hoje somos mais capazes e, portanto, gratos por este dia.”

Todavia, características comuns uniam todos os discursos dos concludentes: a certeza dos desafios vindouros e a fé para enfrentá-los.

“A luta não termina aqui, ainda temos muito a enfrentar daqui em diante, assim sendo termino este discurso compartilhando a frase da escritora Ellen White, que diz: “Nada temos a temer quanto ao passado, a menos que nos esqueçamos como Deus tem nos conduzido até aqui”, disse Aurea dos Ramos.

Na Bahia

Unilab forma 40 profissionais no Campus dos Malês | Foto: Comissão de Formatura

No dia 6 de março, foi a vez do Campus dos Malês formar seus alunos concluintes do período 2019.2. A cerimônia aconteceu na Câmara Municipal de São Francisco do Conde/BA. Naquela tarde, profissionais de seis áreas saíram com diploma de curso superior.

A solenidade reuniu formandos das Licenciaturas em Ciências Sociais (3), História (1), Letras – Língua Portuguesa (18) e Pedagogia (14), além dos Bacharelados em Relações Internacionais (3) e Administração Pública à Distância (1).

Em um misto de celebração e agradecimento, paraninfos, patronos e homenageados foram lembrados pelos formandos. Acompanhados dos familiares, os concluintes receberam a outorga de grau do professor e então Reitor Pro Tempore Alexandre Cunha.

Além da autoridade máxima da instituição, participaram da Mesa de Honra a Diretora do Campus dos Malês, Mirian Reis; o Diretor do Instituto de Humanidades e Letras, Pedro Leyva; a Coordenadora do curso de Bacharelado em Relações Internacionais, Cinthia Regina Campos; a Vice-coordenadora da Licenciatura em Ciências Sociais, Maria Andreia dos Santos; o Coordenador da Licenciatura em História, Eric Brasil; o Coordenador da Licenciatura em Letras – Língua Portuguesa, Eduardo Ferreira; e o Coordenador da Licenciatura em Pedagogia, Ricardo Matheus Benedicto.

Comentários encerrados.