Docentes da Unilab convidam para uma publicação a partir da transversalidade das Ciências Sociais e a pandemia do COVID-19

A pandemia do novo coronavírus (COVID-19) tem provocado mudanças e transformações de variadas ordens: sociais, comportamentais, ambientais, políticas, éticas em todo o planeta. A partir desta nova conjuntura, os docentes da Unilab, Márcio dos Santos e Clarisse Paradis, decidiram fazer um chamamento para a compilação e publicação de textos num formato mais livre que tratem da pandemia do COVID-19.

Queremos te convidar a escrever um ensaio ou artigo de opinião sobre uma das dimensões da problemática causada pelo COVID-19. Notem que não estamos pedindo um artigo com o rigor acadêmico comum as nossas áreas. Consideramos mais interessante que escrevam um texto de forma mais livre, com maior fluidez. A intenção é fazer circular estes textos para públicos ampliados (ativistas sociais, imprensa, estudantes do ensino médio e superior, cidadãos/cidadãs comuns)”, convidam os docentes.

Neste sentido, pensa-se nos feitos de algumas questões: qual o papel das ciências sociais e das humanidades na compreensão e no auxílio ao enfrentamento deste fenômeno coletivo e mundializado? Que tipo de impactos o COVID-19 tem causado na sociedade brasileira? De que maneira uma pandemia desta magnitude marcará a relação do Brasil com o resto do mundo? Que tipo de sociedade surgirá no pós-COVID-19? Quais os saberes construídos e mobilizados no âmbito da Unilab são importantes para pensar os significados sociais, políticos, econômicos, culturais dessa crise?

“O número de brasileiros infectados e mortos pelo COVID-19 tem aumentado muito rapidamente por todo o país. Para piorar ainda mais a situação, conflitos entre governo e autoridades de saúde e cientistas põe em risco as estratégias de contenção da doença. No meio de tudo isso, está a população brasileira, sobretudo os mais pobres e marginalizados que dependem de decisões governamentais adequadas e rápidas para enfrentar este imenso problema”, ressalta Márcio dos Santos.

Em meio a diversidade de questionamentos, os docentes concordam que a atual conjuntura traz “questões cujas respostas estão em processo de elaboração e reflexão. Mas, uma coisa é certa: o Brasil e o mundo não serão mais os mesmos de agora em diante”.

Temas sugeridos:

Para tal propósito, os docentes elencaram algumas propostas de possíveis vínculos entre o COVID-19 e as ciências sociais/humanidades: 

  1.     Cidades, desigualdades sociais e o COVID-19
  2.     Gênero, patriarcado e o COVID-19
  3.     Violência(s), exclusões e o COVID-19
  4.     Racismo, desigualdade racial e o COVID-19
  5.     Infância/adolescência e o COVID-19
  6.     O campo político, as instituições democráticas e o COVID-19
  7.     Políticas públicas e o COVID-19
  8.     Redes de solidariedade, capital social e o COVID-19
  9.     LGBTfobias e o COVID-19
  10.   Populações indígenas, quilombolas e tradicionais e o COVID-19
  11.     Emoções, subjetividades e vulnerabilidades e o COVID-19
  12.   Memórias, narrativas, temporalidades e o COVID-19

Todavia, eles fazem uma ressalva: “caso o tema que queira escrever não esteja contemplado na lista acima, fique à vontade para propor outros”.

O prazo para envio do texto, que deve ser encaminhado para o email: marcdre27@unilab.edu.br,  é até o dia 20 de junho de 2020.

Regras:Texto inédito.  

Artigos entre três laudas e cinco laudas. Bibliografia opcional.

Fonte: Times New Roman, tamanho 12, espaçamento 1,5. 

 

 

 

Comentários encerrados.