Mapeamento de Egressos Internacionais é foco da Proinst

Dentre as inúmeras ações desenvolvidas pela Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab), a Pró-Reitoria de Relações Institucionais (Proinst) destaca, como uma das políticas, a “Internacionalização”. Visando atualizar o banco de dados da instituição, foi lançado o “Mapeamento de Egressos Internacionais”, voltado para o público estrangeiro graduado e/ou pós-graduado na Unilab.
 
Para tanto, a Coordenação de Acolhimento e Acompanhamento da Proinst/Unilab está disponibilizando o cadastramento dos “Estudantes Egressos Internacionais”,  por meio do preenchimento deste FORMULÁRIO ELETRÔNICO.
 
 
Segundo a professora Artemisa Candé, Pró-reitora de Relações Institucionais (Proinst) e coordenadora do Projeto de Rede de Instituições Públicas de Educação Superior (RIPES), esse mapeamento visa atender as demandas da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, fundação vinculada ao Ministério da Educação (Capes/MEC), em relação aos indicadores de internacionalização, bem como, subsidiar as embaixadas dos países parceiros que integram a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), composta por oito países: Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor Leste, além do Brasil.
 
Para a Coordenação de Seleção, Acolhimento e Acompanhamento (CSAA/Proinst), o acompanhamento do egresso é uma forma de avaliação da qualidade dos cursos ofertados, principalmente no que tange à qualidade de formação e o preparo de profissionais gabaritados para o mercado e que contribuam efetivamente com o desenvolvimento econômico e social dos países parceiros.
 
Calendário do PSEE
 
Conforme  informou Artemisa Candé, a situação atual do Processo Seletivo de Estudantes Estrangeiros (PSEE) continua suspenso, aguardando o calendário mundial de abertura das fronteiras e a disponibilidade dos países parceiros em nos receber. Para isso, “já definimos como encaminhamento da reunião com o Ministério das Relações Exteriores (MRE), realizada dia 29 de maio, uma agenda com as embaixadas do Brasil nos países parceiros, que constituem como nosso intermediado nestes países, a fim de discutirmos as possibilidades da redefinição do calendário e outros alinhamento, conforme a realidade do retorno a normalidade de cada país”, informou a pró-reitora da Proinst/Unilab.
 
Unilab em Números
 
Conforme dados fornecidos pela Coordenação de Seleção, Acolhimento e Acompanhamento (CSAA/Proinst), já passaram pela Unilab, campi do Ceará e da Bahia, cerca de 910 egressos internacionais (Angola: 107, Cabo Verde: 70, Guiné Bissau: 590, Moçambique: 22, São Tomé  e Príncipe: 55, Timor-Leste: 62, além de outros países: Costa do Marfim: 02, Gabão: 01 e Portugal: 010.
 
 
 
 

Comentários encerrados.