Unilab Plural recebe o Secretário de Saúde de Redenção; gestor convida universidade para parceria

O segundo episódio da série “Unilab Plural: diálogos digitais” foi transmitido, ao vivo, na última sexta-feira (29), no Instagram e no Facebook oficial da universidade. Na ocasião, a servidora Rosana Braga conversou com o Secretário de Saúde do Município de Redenção, Ícaro Tavares Borges.

A série, que teve início no dia 22 de maio, é uma iniciativa do Grupo de Trabalho de Comunicação Social das Ações de Enfrentamento à Covid-19 na Unilab (GTCov19). Ele foi criado pelo Comitê Institucional de Enfrentamento à Covid-19 (Ciec) e tem o apoio da Assessoria de Comunicação da instituição.

Em um bate-papo de aproximadamente 1h, o secretário de saúde abordou temas de interesse da comunidade que reside ou se encontra no município de Redenção e regiões circunvizinhas. Vale lembrar a importância desse diálogo, já que cerca de 4.115 estudantes da Unilab são alunos dos campi localizados em Redenção e Acarape, Ceará. Deste universo, aproximadamente 931 são internacionais – vindos de Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, São Tomé e Príncipe, Moçambique e Timor Leste.

A live está disponível no Facebook.

Até o dia do encontro (29), Redenção tinha 293 casos confirmados e 9 óbitos por coronavírus. De acordo com o último boletim epidemiológico, divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde, datado de hoje  (2), o número de casos positivos para Covid em Redenção aumentou para 348 e o número de mortes para 10.

Acompanhe os principais assuntos da live:

Estruturação das unidades de saúde

Com a decretação de estado de emergência de saúde pública internacional, boa parte da comunidade que estava em Redenção e regiões próximas voltou para suas cidades de origem. No entanto, há uma comunidade local, também importante, a exemplo dos estudantes internacionais da Unilab, que permanece em Redenção e requer cuidados específicos.

Na intenção de atender a esse público e a toda a população local, o secretário Ícaro Tavares garantiu que todas as unidades básicas de saúde presentes em Redenção, no Distrito de Antônio Diogo e nas serras possuem profissionais de saúde habilitados para atender e detectar os casos suspeitos de Covid-19.

Ícaro explicou que os centros de saúde, bem como o posto de saúde do Distrito de Antônio Diogo, passaram a funcionar também nos fins de semana, desde o mês de abril,  com médico e enfermeiro para atender os casos suspeitos e os já confirmados.

“As unidades recebem todos os residentes de Redenção e também de outros municípios, que porventura estejam na cidade. As unidades estão lá para atender, em caráter de urgência, qualquer pessoa, independente de ser da região”, afirmou o secretário. “O SUS é universal; toda unidade de saúde tem que atender”, completou.

Ações preventivas

Ícaro Tavares, que também é graduado em Enfermagem e especialista em Pesquisa e Inovação em Saúde da Família, entende que agir de forma preventiva continua sendo a melhor ação contra o coronavírus. O secretário explicou que Redenção começou a se preparar para a possível chegada da pandemia ainda em fevereiro, antes mesmo do primeiro caso no Ceará. “Fizemos capacitação para enfermeiros, médicos, dentistas e agentes de saúde”, contou.

Como prevenção, foi e continua sendo incentivado o isolamento social, a higienização das mãos e a utilização de máscaras. Ações educativas continuam sendo adotadas, em parceria com outras secretarias do município. Até o momento, foram doadas quase 40 mil máscaras à população.

A prevenção ao colapso da saúde também foi abordada no bate-papo. O Hospital e Maternidade Paulo Sarasate é filantrópico, conveniado ao Sistema Único de Saúde (SUS). Para melhor atender ao aumento do número de casos – e isso inclui possíveis pacientes que integram a comunidade da Unilab, “nós fizemos um Termo de Cooperação Técnica entre a Prefeitura de Redenção, através da Secretaria de Saúde, e a Direção do hospital, para que pudéssemos entrar lá e aumentar a equipe de apoio. Desde 15 de maio, nós mudamos toda a estrutura hospitalar dos leitos”, explicou Ícaro.

“Hoje, todos os leitos da ala Covid têm divisórias, para dar maior privacidade e proteção aos pacientes. Com as divisórias de lonas, laváveis, há uma segurança maior”. Em meio ao incremento, o hospital recebeu novos enfermeiros e médicos. “Temos uma equipe hospitalar direcionada à ala Covid, que inclui profissionais da psicologia, fisioterapia e nutrição, além dos técnicos de enfermagem, para dar uma suporte multiprofissional”, afirmou o secretário.

Atendimento psicológico

Dada a impossibilidade de o paciente ter um acompanhante, há um psicólogo no hospital todos os dias, das 7h às 19h, para fazer uma abordagem com o paciente e seus familiares, no intuito de diminuir um pouco a ansiedade naturalmente gerada.

Para a população geral, a Secretaria de Assistência Social tem quatro psicólogos disponíveis. Pessoas que sintam a necessidade desse atendimento, seja decorrente do isolamento, de doença e/ou da própria infecção, podem contatar a secretaria.

Atendimento aos estudantes internacionais

Não há distinção no atendimento. Se o paciente estiver precisando de urgência, não importa se é ou não brasileiro. É necessário apenas apresentar o documento de identificação e o cartão do SUS. Quem não tem o cartão, pode fazê-lo na Secretaria de Saúde – isso se aplica a qualquer aluno da Unilab e a toda a comunidade. De acordo com o secretário, o atendimento é garantido.

Estrutura física e testagem

O Hospital de Redenção conta, atualmente, com dois respiradores. “Montamos uma sala de Unidade de Terapia de Urgência (UTU) para atender os pacientes em situações mais críticas”, relatou Ícaro.

Quanto aos testes, “todas as pessoas que apresentam os sintomas do Covid-19, independente da idade e de ter comorbidade, são testadas”, garantiu. Agora, o desafio é a testagem em massa. “Estamos adquirindo um novo kit teste para as pessoas assintomáticas. Nesta semana, o município vai receber mais de mil testes para essa população”, disse Ícaro, que deu um recado aos alunos da Unilab: “os estudantes da universidade que tiverem tido contato com casos confirmados podem procurar a unidade básica de saúde, mesmo assintomáticos, que serão testados para saber se já tiveram contato com o vírus, se nunca tiveram ou se estão com uma infecção recente”.

Saúde além da pandemia

Os casos de urgência decorrentes de outras doenças estão sendo encaminhados para Fortaleza. Já o atendimento para casos eletivos ainda não foi liberado. Até o momento da live, havia 186 pessoas aguardando leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), apenas para Covid. Os números, por si só, pedem o cuidado da população.

Em resposta ao cenário local, no último sábado (30), o Governo do Ceará lançou o Decreto nº 33.608, que prorroga o isolamento social no estado. O Anexo I inclui Redenção e Acarape entre os municípios recomendados a adotar medidas de isolamento social mais restritivas.

Parceria Unilab e Redenção

O convite para uma parceria entre a Unilab e a Secretaria da Saúde foi um resultado rápido e positivo do encontro. Ícaro Tavares propôs um trabalho coletivo, que inclui também os municípios de Acarape e Barreiras.

Para ele, é importante a participação da Unilab na testagem da população e como espaço de produção científica. “Enquanto gestor da saúde, posso dar suporte com equipamentos, com alguns profissionais para somar à equipe da Unilab e alguns testes, para montarmos um grupo de pesquisa com a gerência de um professor da Unilab”, prometeu. O convite inclui elaborar um plano de ação com a universidade, que tem a base científica.

Um exemplo citado por Ícaro como uma das ações bem sucedidas da Unilab já pode ser visto nos relatórios de uma pesquisa realizada com estudantes da Unilab, que a Secretaria de Saúde recebeu do Prof. Eduardo Machado. O secretário ressaltou que a universidade interfere positivamente no território, transformando os municípios nos quais está inserida, no desenvolvimento econômico e educacional.

O trabalho da Unilab nesse direcionamento já começou. O Instituto de Ciências da Saúde revelou, durante a live, que está se preparando para realizar testagens, abrir um ambulatório e produzir álcool em gel, transmitiu a entrevistadora Rosana Braga. É o primeiro passo para uma possível parceria com os municípios da região, agora no âmbito da saúde.

Saiba como se manter informado:

Instagram da Secretaria de Saúde de Redenção
Site da Prefeitura de Redenção
Disque Saúde: (85) 98225.3361 e (85) 99188.9469

—————–

Nesta sexta-feira (5), o “Unilab Plural” vai conversar com a Dra. Magda Robalo Silva. Ela é pesquisadora da Organização Mundial de Saúde, médica e ministra da Saúde Pública de Guiné-Bissau da X legislatura. O encontro será às 16h, no Instagram e Facebook da Unilab. 

Participe enviando sua pergunta na redes sociais da universidade.

Comentários encerrados.