Sobre a Unilab

No princípio está a cooperação solidária entre os povos

Em outubro de 2008, criou-se a Comissão de Implantação da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab) que, ao longo de dois anos, desenvolveu uma série de atividades relacionadas ao planejamento institucional, a organização da estrutura acadêmica e curricular e a administração de pessoal, patrimônio, orçamento e finanças, etc.

Além disso, foram analisadas propostas e diretrizes elaboradas por entidades vinculadas ao desenvolvimento da educação superior no mundo, privilegiando temas propícios ao intercâmbio de conhecimentos na perspectiva da cooperação solidária, além de sua aderência às demandas nacionais, relevância e impacto em políticas de desenvolvimento econômico e social.

Em 20 de julho de 2010, a Presidência da República sancionou a Lei nº 12.289 instituindo a Unilab como Universidade Pública Federal.

Desta forma, a Unilab nasce baseada nos princípios de cooperação solidária entre os povos. Em comum acordo com os países parceiros, tornou realidade a criação de uma universidade no Brasil alinhada à integração com o continente africano, principalmente com as nações que integram a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP).

Hoje, são milhares de pessoas envolvidas nesse exitoso projeto de uma educação avançada e de qualidade, que vem formando cidadãos capazes de multiplicar o aprendizado e fomentar o desenvolvimento social e econômico no Brasil e no exterior.