ONDE ESTAMOS

Criada sob o ideal da interiorização do ensino superior, a Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab) busca construir vínculos estreitos com a realidade específica das regiões onde está localizada: Maciço de Baturité (Ceará) e Recôncavo Baiano (Bahia).

 

Campus da Liberdade

Com uma área de 9.530,4m² e localizado no município de Redenção/CE, berço da abolição da escravidão no Brasil, em 1883, o Campus da Liberdade abriga a sede administrativa da Unilab, um Restaurante Universitário, Bloco Didático com auditório e 10 salas de aula, e um auditório administrativo. Conta ainda com uma academia de 225m² e um espaço de convivência com anfiteatro para aulas e apresentações ao ar livre. Foi neste campus que tiveram início, no dia 25 de maio de 2011, as atividades letivas da Unilab.

Antes mesmo de abrigar a Unilab, o prédio já fazia parte faz parte da história da cidade de Redenção. A área foi doada pelo Sr. Gaudioso Bezerra Lima e sua esposa Maria Araripe Lima com o fim específico de ser construído o Instituto de Beneficência, denominado de ‘Patronato Pio XI’, em que a Congregação das Filhas do Coração Imaculado de Maria atuaria.

A instituição oferecia ensino de Educação Infantil e cursos profissionalizantes, como corte e costura, pintura, bordado, datilografia e culinária, além de abrigar eventos abertos à comunidade.

Para se transformar nesse espaço de ensino, pesquisa e extensão, que acolhe estudantes brasileiros e estrangeiros, o prédio passou por uma grande reforma, onde foram investidos R$ 4 milhões de recursos do Governo do Estado e mais R$ 210 mil da Prefeitura de Redenção.

——————————————————————

Campus das Auroras

Localizado entre os municípios de Redenção e Acarape, em terreno doado pelo Governo do Estado, o Campus das Auroras, foi inteiramente construído para abrigar a Unilab e, futuramente, tornar-se sua sede administrativa definitiva. Possui 132 hectares e terá capacidade para atender cinco mil estudantes, 800 funcionários e 400 professores em suas diversas atividades.

Boa parte da primeira etapa da obra já foi concluída com a construção do prédio que hoje é a Unidade Acadêmica. A edificação tem 16.000m² e comporta 40 salas de aula (32 com capacidade para 42 alunos e 8 salas para 80 alunos), 33 laboratórios, 120 gabinetes de professor, 10 salas de coordenação de cursos e duas secretarias. A primeira etapa compreende ainda a construção das vias de acesso, infraestrutura geral (redes de água, esgoto e eletricidade), blocos didáticos, residências para estudantes e professores visitantes, restaurante universitário e biblioteca.

Na segunda etapa, o projeto prevê a construção de outras unidades didáticas e de residências, outro restaurante universitário, laboratórios, bloco administrativo, reitoria e teatro. Para este Campus, a universidade prevê ainda mais projetos de expansão, que estão em estudo.

 

——————————————————————

Unidade Acadêmica dos Palmares

Com uma área de 19.000m² e aproximadamente 2.500m² de área construída, a Unidade Acadêmica dos Palmares está no município de Acarape/CE, em terreno onde, originalmente, funcionava uma antiga fábrica de equipamentos de costura. Após a primeira expansão, conta com um Bloco Didático com 12 salas de aula, uma biblioteca, 6 gabinetes de professores, 4 salas para administração acadêmica e um refeitório e almoxarifado.

Distante quatro quilômetros do Campus da Liberdade, foi inaugurada em 20 de novembro de 2012, data em que se comemora o Dia Nacional da Consciência Negra, em homenagem à morte de Zumbi, líder do Quilombo dos Palmares. As atividades letivas foram iniciadas no dia 4 de janeiro de 2013 para os cursos de Enfermagem, Engenharia de Energias e Ciências da Natureza e Matemática.

Prevê-se ainda a construção de dois novos blocos didáticos. Cada um deles terá 12 salas de aula, 15 laboratórios, 2 salas para técnicos em laboratório, 1 anexo da biblioteca, refeitório, além de área administrativa.

 


Campus dos Malês

A Unilab possui sede na Bahia, na cidade de São Francisco do Conde, localizada a 67 km da capital, fazendo parte da Região Metropolitana de Salvador. É a terceira cidade do Recôncavo Baiano e tem 31.699 habitantes, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). É considerado o município de maior população negra (maior que 90%) declarada no censo. A cidade pertenceu a Salvador até 1697, quando foi emancipada.

As atividades acadêmicas do Campus dos Malês iniciaram em fevereiro de 2013, com a aula inaugural dos cursos de graduação e pós-graduação a distância – o local funciona o Polo de Apoio Presencial. Em maio de 2014, tiveram início as atividades dos cursos presenciais, e também iniciaram as ações nas áreas de ensino, pesquisa e extensão.