Ações de extensão, arte e cultura buscam diálogo entre a Unilab e seu entorno

Na extensão, há dezenas de projetos que envolvem o diálogo entre a academia e a comunidade externa. O edital mais recente do Programa de Bolsas de Extensão, Arte e Cultura (Pibeac) contemplou 49 projetos de caráter educativo, científico, tecnológico, cultural, esportivo e artístico, contribuindo para a formação cidadã e apoiando a articulação Universidade-Sociedade. A Unilab dispõe ainda de uma incubadora tecnológica de economia solidária.

No campo da arte e cultura, um dos projetos que mais acompanhou esses cinco anos da Unilab é o Quarta Cultural Maciço de Arte, em que semanalmente a universidade abre as portas para a comunidade com atividades de teatro, música, audiovisual, circo etc.

Foto: Bruno Soarez

Foto: Bruno Soarez

A Ação Movimenta, que completou sua terceira edição neste ano de 2015 com programação que inclui várias linguagens artísticas, já realizou cerca de 27 oficinas de formação, 2 residências artísticas, 30 apresentações, 2 exposições de artes visuais, mostras de teatro, cinema e capoeira, 2 festivais de arte e cultura e a criação de documentário. O intuito foi despertar a produção artística entre os cerca de 700 estudantes que estiveram nas programações. A quarta temporada terá como tema “Dos Encontros e dos Afetos – A arte como mobilizador de grupos sociais”.

Sem dúvida, um dos grandes destaques foi a aprovação do Plano de Cultura da Unilab no edital nacional “Mais Cultura nas Universidades”. A Unilab ficou em 10º lugar no ranking nacional e em 2º lugar entre as instituições contempladas da região Nordeste, sendo a única selecionada do estado do Ceará. O recurso de R$ 1.118.490,38 contemplará 20 projetos que serão desenvolvidos nas regiões do Maciço do Baturité, no Ceará, e do Recôncavo Baiano, na Bahia.

ENSINO
Unilab chega aos cinco anos com 2.625 estudantes na graduação e 873 na pós-graduação

PESQUISA
O desafio de construir conhecimento no contexto da integração

INÍCIO
Criada em julho de 2010, Unilab completa cinco anos

 

.

Comentários encerrados.