Criada em julho de 2010, Unilab completa cinco anos

“Essa integração com outros países possibilita me qualificar e depois contribuir com o meu país, onde não teria oportunidade de estudar em um curso de Humanas, pois lá a realidade econômica e social é diferente”. Beto Infandé, estudante guineense

“Estou realizando um grande sonho da minha vida, que é me formar. Eu sou o primeiro da minha família a ter ensino superior e espero que meus irmãos me tenham como exemplo”. Walef Santos, estudante brasileiro do município de Acarape-Ceará

.

Foi reunindo em sua vocação institucional os desafios da internacionalização e da interiorização do ensino superior que a Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira, a Unilab, foi criada em 20 de julho de 2010, por meio da Lei Federal nº 12.289. Beto e Walef são exemplos dos mais de 3500 estudantes que a Unilab já reuniu nesses cinco anos de existência.

Juntar países africanos e o Timor-Leste com municípios do interior do Ceará e da Bahia nem de longe tem sido uma tarefa fácil. A tão bonita e inspiradora integração presente na lei vem se concretizando aos poucos, em um espaço de desafios, conquistas, conflitos, incompletudes e superações. Se o ambiente acadêmico, por si só, já é campo de múltiplos olhares e conflitos de ideias, a internacionalização na perspectiva de cooperação Sul-Sul e a interiorização no Nordeste do Brasil tornam ainda mais complexa e singular a experiência da Unilab.

Entre a lei de criação, em 2010, e o início das atividades letivas, em 25 de maio de 2011, foram muitos os trabalhos de organização administrativa e acadêmica. A Aula Magna no Campus da Liberdade, em Redenção/CE, acontecia no Dia da África, data alusiva à fundação da Organização da Unidade Africana (OUA). Além disso, 2011 consagrou-se como o Ano Internacional dos Afrodescendentes, pela Resolução da Assembleia Geral das Nações Unidas. Não por acaso foi também em 20 de julho de 2010 que foi instituído o Estatuto da Igualdade Racial (Lei nº 12.288).

DSC_0523a

ENSINO
Unilab chega aos cinco anos com 2.625 estudantes na graduação e 873 na pós-graduação

PESQUISA
O desafio de construir conhecimento no contexto da integração

EXTENSÃO
Ações de extensão, arte e cultura buscam diálogo entre a Unilab e seu entorno

.

Registro dos primeiros anos da Unilab (Edição: 2013)Livro Memória 2010 a 2013

.

.

Comentários encerrados.